quarta-feira, 5 de março de 2008

O caso da Ponte Resposta...


O caso da Ponte Resposta...

Quando a dinâmica foi feita na sala de aula, o professor já sabia o resultado que teria, pois 98,9% das pessoas sempre respondem a mesma coisa. Para 98,9% das pessoas a culpada é a Maria, que saiu para dá um "trepadinha"...rs e por isso a safada mereceu morrer. (palavra usada pelo professor Guedes).
E por que isso? Por mais de digamos, que não somos preconceituosos, não deixamos de ser o reflexo da sociedade que fomos criados.
Nos preocupando e julgando precipitadamente os outro, ficamos totalmente cegos, para o mais obvio
"o bandido matou Maria".
Se ela estava fazendo algo o errado ou não, não cabe a nós julgar, o fato é que "O bandido matou Maria".

A dinâmica proposta em sala de aula, serviu para nos abrir os olhos e fazermos pensar duas vezes antes de julgar alguém, as vezes nosso "pré conceito" nós faz cegar, para a verdadeira verdade...

Parabéns ao Landinho e a Luma que conseguiram ver o obvio, mas que 98,9% não vem quando essa dinâmica é aplicada...

Quando fiz a dinâmica disse que o Paulo era o maior culpado, isso por ter seduzido Maria... rs e Maria era a maior vitima pois se sentia carente...rs. Fui motivo de chacota obvio, mas foi o que primeiro veio a minha cabeça... (to mau mesmo...rs), mas sei lá, pelo menos fui diferente dos 98,9% da pessoas, e provei que sou aquáriana de verdade...rs (piradinha).

Das 60 pessoas presentes na sala no dia da dinâmica,
49 apontaram Maria como principal culpado e apenas 7 o bandido.


Achei essa outra resposta na net ...

Em vez de buscarmos mais informações, vamos preenchendo os espaços vazios com suposições e fantasias que são sempre baseadas em nossas crenças, valores e sentimentos.
E, certamente cometemos injustiças...na maioria das vezes com aqueles a quem mais amamos.
Em termos lógicos o maior culpado é o bandido, pois nada justifica o crime. A menos culpada é a Maria, que teve o maior prejuízo. No entanto, a classificação depende do que carregamos dentro de nós e
também de nossas crenças, valores e sentimentos.

(Valmor Vieira)


*******************selo*******************

Recebi esse selo da Niseloka Obrigada moça, fiquei muito feliz pela lembrança :D
Todos os blogs linkados ai do lado, valem a pena conferir, em tão queridos amigos, sintam se presentiados ;)

29 comentários:

Imcompreendida disse...

Oi Adri,

Vim retribuir a visita e agradecer pelo coment... Também me identifiquei com o seu texto... engraçado, qdo meu professor fez essa dinamica, disse q a culpa era do marido, que não dava atenção para a mulher... rsrsr Meu ascende é aquario... apareça sempre... abraços,

NANDO DAMÁZIO disse...

Bem, nunca participei desta dinâmica, mas uma coisa eu garanto: a culpa disso tudo aí não é minha !!

Abraço, Drika !! ;-)

Georgia disse...

kakakakkaka!!! Entrei de sola, nem pensei no bandido.
Mas é isso mesmo. Culpamos a mulher. Mulher é culpada já desde do nascimento, kakakakka

Brincadeira!!!
Amei a dinâmica vou ficar mais atenta.

bjus

joão bosco disse...

dDe parabéns Orlando, Luma o o Valmor. Traga para o seu blog essas dinamicas que for fazendo. são ótimas para desenferrujar. Bom dia querida.

gafanhoto disse...

oi, mocinha. engraçado, fiz essa dinâmica, mas pra mim o culpado é o mordomo.

almàjanela disse...

adri

interessante este post.

voltarei para outros e futuros.

alma

Anônimo disse...

uia...eu nem li a dinamica...rsrsrs...mas te garanto...condenar [e mais facil q compreender...bjos da AnaDeLuaaaaaa

marina disse...

Oie adri , é entao gostei do resultado final ... dessa dinamica tinha falado que foi culpa da maria e de paulo que ele tinha abandonado e que ela tinha o traido .. pois quando alguem sente justiçado , acaba sempre procurando uma saida...
ai vai da crença , da pessoa mesmo ...
É isso ai ... passa la no meu depois..
beijos e uma otima quarta..

Landinho disse...

Já posso me candidatar a Sherlock Holmes.

Tereza Freire disse...

Minha listinha foi assim: O ato do crime foi do bandido. Maria fez besteira, o barqueiro poderia ter evitado, Paulo é um safado, o amigo um frouxo e o João, que a amava tanto, poderia até estar trabalhando, coitado. A dinâmica é boa mesmo, por mais horror que eu tenha à preconceitos ou hipocrisias, muitas vezes me pego agindo dessa forma, inconscientemente, claro, mas expondo "meu lado negro" criado pelo meio. Beijos Adri.

Marcinha* disse...

Oi Dri....como julgamos erroneamente....mas valeu! Gostei muito....obrigada pelo carinho nos meus blogs....bjusssss....Marcinha*

Alma disse...

Olas Drizinha..
to passando feliz da vida,
achei a Rosangela no seu bloguxo,e com grande prazer ela autorizou a da essencia dela nu meu cantinhu..pra vc eu deixo u meu carinhu e 1 desejo incomum felicidade já..bjusss 1000 na ALMA

Astrid disse...

Oi Adri,
obrigada pela visita e carinho
Tenha uma linda tarde
bjks mil

GuGa Flaquer disse...

te juro que não ajudei em nada rsrs ...ah perdi essa dinamica poxa...
montidubeijus

Sérgio Figueiredo disse...

Amiga, dou-me como vencido. "O Famoso" da foto bem avisa "PENSA...PENSA" e é verdade e tem lógica. O Bandido é que matou e a Maria não fez nada que se lhe possa atribuir culpa. Faça mais para treinar o PeNSAMENTO.
Bjs

Sombra do Sol disse...

Olá boa tarde, fiquei um bom tempo no seu blog lendo seu desafio, muito inteligente i criativo de sua parte, pois nos faz exercitar a mente e enxergar o obvio como você mesmo falou, pena que as pessoas geralmente conseguem julgar alguém pela razão, sempre deixamos ser levados pela emoção. Sou grato ao mundo da blogosfera pois só assim estou tendo oportunidade de conhecer páginas encantadoras. Você está de parabéns, que Deus conserve sempre assim, unidos no amor e na amizade. Fico grato por ter tido a honra de ganhar seu voto no concurso do Halma Guerreira. E a votação continua. Tenha uma linda tarde e um continuar de semana repleto de amor e paz. Abraços do amigo.

Betho Sides disse...

Ontem eu não bloguei por aqui, por mera falta de tempo, mas hj vendo o resultado de sua dinâmica, eu só posso dizer que preconceito ou como vc coloca pre-conceito é muito comum aos brasileiros, até porque, não sabem ler, ou melhor eles sabem mas não entendem. bjs e abç

Everson disse...

É, tem razão, a gente sempre entra com o preconceito,,,,passando pra desejar uma otima tarde e muitos beijos pr ati

Rosana disse...

dri, acho q ja estive no seu blog antes... gostei muito e quero dar minha opiniao tb nesse caso da ponte!
Bom, nao é justificavel o que o bandido fez, claro q ele é culpado, mas Maria tb ajudou, pois quem mandou ela ir chifrar o marido no vizinho do outro lado da ponte... Mas de toda forma a culpa é do bandido que nao tinha q ter matado ninguem!!!! Isso é oq eu acho... pois, se ela nao estava satisfeita com o marido, deveria ter largado ele, e depois nao precisaria ficar nessa correria e passar por essa... bjoooo

Aju disse...

Estes exercicios sao otimos abre novas perspectivas de percepção... uma vezno trabalho me passaram um teste pra ver como eu pensava e segundo ele eu pensava como um assassino serial... bem, encarei como um elogio ja q eles em geral sao inteligentes hahaha
Bjos

Cidão disse...

Nem me atrevi a responder essa dinâmica, porque eu simplesmente fujo delas. No colégio sempre dou uma desculpa para dar aquela saída a francesa.

Mas caso eu tivesse respondido, eu colocaria a Maria em primeiro... a gente acaba seguindo a tendência...

Sahmany disse...

Meu, que doideira!
Coitada da Maria!
kkkkkkkkkkk
beijão.

Chuvinha disse...

O que PARECE obvio vem da leitura superficial que a maioria faz.

Professor Sergio disse...

Nossa Adri... isso foi uma lição mesmo....kikkkkkk

chicoelho disse...

Ola Dri,esta semana estou em sampa,por isso só deu pra fazer uma visita hj.Mas segunda ja estarei de volta a terrinha

Bjs

André Meirelles disse...

Eu fiz essa dinâmica e cheguei em uma conclusão diferente... é impossível decidir "quem é o maior culpado" sem fazer um juízo de valor - e é impossível fazer um juízo de valor sem consultar os próprios valores.
Ora, se cada pessoa tem seu conjunto de valores, como ficaria uma hipotética resposta "isenta de juízo de valor"? Se fôssemos atentar somente para o encadeamento lógico dos fatos, será que haveria um "mais culpado"?

T™ disse...

Outro dia em uma entrevista fiz esta dinâmica, procurando pelas analises dela, cai no teu blog, que por sinal é muito bom.
Na hora de classificar eu coloquei o bandido como o mais culpado, depois a Maria, o bandido pq ele tirou uma vida, nada justifica; a Maria pq na minha interpretação a Maria sabia que o Bandido estava na ponte pra matar, e mesmo assim tentou passar. Só depois que fomos discutir em grupo que eu vi que as pessoas estavam julgando o adultério, e não o crime. Fiquei pensando: será que é um texto ambíguo? Afinal de contas hora nenhum ele fala se é pra colocar o culpado pelo adultério, ou pelo crime. Fiquei achando que quem não tinha entendido nada, tinha sido eu, pq tooodo mundo achou que a Maria era a primeira, e o Bandido um dos últimos, as pessoas deixam de julgar o crime, pra julgar o ato. Não entendo isso, mas é assim que a sociedade em si funciona. Triste.
Mais uma vez parabéns pelo blog!

Anônimo disse...

Olá,
fiz esta dinâmica hoje 29/9/2010 e o resultado foi que de 9 pessoas apenas 2 apontaram Maria como culpada principal...estamos evoluindo. Nem foi cogitado adultério, o professor que perguntou se alguém pensou nisso e apenas uma menina concordou. Acho que ele ficou meio sem jeito e tentou levar pro lado que não tinha pedido que fosse apontado um culpado, que não criamos um critério para isso, foi legal, valeu!

Anônimo disse...

Olá,
fiz esta dinâmica hoje 29/9/2010 e o resultado foi que de 9 pessoas apenas 2 apontaram Maria como culpada principal...estamos evoluindo. Nem foi cogitado adultério, o professor que perguntou se alguém pensou nisso e apenas uma menina concordou. Acho que ele ficou meio sem jeito e tentou levar pro lado que não tinha pedido que fosse apontado um culpado, que não criamos um critério para isso, foi legal, valeu!