Postagens mais vistas

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Introspecção, introversão - Pessoas quietas tem mentes barulhentas.


Pessoas quietas tem mentes barulhentas... me identifico muito com essa frase, as pessoas que convivem comigo dizem que falo pouco, mas realmente não percebo isso, talvez porque minha mente esteja sempre a mil por hora e realmente não noto o silencio que se estende ao meu redor, estou em um monólogo interior constante, sinto necessidade de pensar primeiro e falar depois.

Algumas pessoas me julgam como tímida, não sou uma pessoa tímida, sou uma pessoa, introvertida, introspectiva. “Tímidas são pessoas que gostariam de mudar seu comportamento por temerem as consequências dele. Introvertidos não compartilham dessa necessidade. Eles não sentem falta de ser o que não são, nem qualquer receio de continuar sendo como são – Os introvertidos também não são necessariamente tímidos. Timidez é o medo da desaprovação social e da humilhação, enquanto a introversão é a preferência por ambientes que não sejam estimulantes demais. A timidez é inerentemente dolorosa; a introversão, não.” - Susan Cain (O poder dos Quietos).

Se você se identificou com o que estou falando com certeza já ouviu milhões de vezes que você precisa “sair de sua concha” e se inteirar mais com o mundo a sua volta. As pessoas não entendem que nós introspectivos, podemos ter varias habilidade sociais e gostar de festas e reuniões com os amigos, mas depois desejamos estar em casa de pijamas. Preferimos devotar nossas energias sociais aos amigos íntimos, colegas e família.  

Muitas crianças introvertidas acabam achando que há algo de errado com elas, se são naturalmente menos assertivas e diretas que seus pares. Adultos introvertidos muitas vezes contam que, quando crianças, lhes diziam que deviam deixar de se isolar ou que deviam participar mais em sala de aula.

Nós ouvimos mais que falamos e pra nós não há absolutamente nada de errado nisso. Sentimos que expressamos muito melhor nossos sentimentos escrevendo do que falando. Não gostamos de conflitos. E temos horror a jogar conversa fora, mas adoramos discussões profundas.

As pessoas que não falam são vistas como fracas ou deficientes. A verdade não podemos evitar sentir o que os outros não sentem. Somos pessoas altamente empáticas. É como se tivéssemos fronteiras mais finas separando-nos das emoções de outras pessoas e das tragédias e crueldades do mundo.


Ele “passara pela vida com uma pele a menos que a maioria dos homens”, escreve Eric Malpass sobre seu protagonista quieto e cerebral, o escritor do romance As longas, longas danças também escreveu. “Os problemas dos outros o comoviam, assim como abundante beleza da vida: comoviam-no, incitavam-no a pegar a caneta e escrever sobre ele. [Ele se comovia ao] caminhar pelas colinas, assistir à noite de sua poltrona o esmagar de ossos e carne que compunham tanto do noticiário das nove horas.” – (O poder dos Quietos).

Introvertidos possuem significativamente maior tendência a temer falar em publico. A teoria do sociólogo E.O. Wilson diz que quando nossos ancestrais viviam na savana, ser observado atentamente significava apenas uma coisa: um animal selvagem estava a espreita. E quando pensamos que estamos prestes a ser comidos, ficamos de pé e discursamos com confiança? Não fugimos. Em outras palavras, centenas de milhares de anos de evolução  nos impelem a sair correndo do palco, onde podemos confundir o olhar dos espectadores com o brilho nos olhos do predador. É também por isso que conselhos como imaginar o publico nu não ajuda nada; leões nus são perigosos, quanto leões elegantemente vestidos. - Susan Cain.


Introvertidos preferem trabalhar de forma independente e a solidão é um catalisador de inovação. Newton foi um dos grandes introvertidos da humanidade. O poeta William Wordsworth o descreveu como “uma mente para sempre/ viajando por mares estranhos do pensamento solitário”.

  Se você introspectivo lembre-se, esse é apenas o seu estilo. Outras pessoas têm estilos diferentes. Mas esse é o seu. Você gosta de fazer as coisas em seu próprio tempo e de ter segurança. Falar é para comunicar informações que seja necessário saber; quietude e introspecção são sinais de pensamento profundo e maior verdade. Palavras são armas potencialmente perigosas que revelam coisas que seria melhor não dizer. Elas ferem outras pessoas e podem causar problemas ao seu locutor.

Apesar de eu não fazer nenhuma tentativa em especial para observar a disciplina do silêncio, viver sozinho me faz automaticamente abster-me dos pecados do discurso. — Kamo No Chomei, recluso japonês do século XII

A experiência ensinou-me que o silêncio é parte da disciplina espiritual de um devoto da verdade. Encontramos várias pessoas impacientes para falar. Toda essa falação dificilmente pode trazer qualquer benefício para o mundo. É muita perda de tempo. Minha timidez tem sido na verdade meu abrigo e escudo. Ela me permitiu crescer. Ela me ajudou em meu discernimento da verdade.  – Gandhi

Se você ainda não tem certeza de onde se encaixa no espectro introvertido-extrovertido, pode descobrir aqui. Responda a cada questão com “V” (verdadeiro) ou “F” (falso), escolhendo a resposta que lhe é mais frequente.

1. ___ Prefiro conversas individuais a atividades em grupo.
2. ___ Geralmente prefiro me expressar por escrito.
3. ___ Gosto da solidão.
4. ___ Pareço me importar menos que meus colegas com fama, fortuna e status.
5. ___ Não gosto de jogar conversa fora, mas gosto de tópicos profundos que importam para mim.
6. ___ As pessoas dizem que sou um bom ouvinte.
7. ___ Não gosto muito de correr riscos.
8. ___ Gosto de trabalhos que me permitam “mergulhar” com poucas interrupções.
9. ___ Gosto de celebrar aniversários de maneira reservada, com apenas um ou dois amigos ou familiares.
10. ___ As pessoas me definem como alguém “de fala mansa” ou “meigo”.
11. ___ Prefiro não mostrar meu trabalho ou discutir sobre ele com os outros até ter terminado.
12. ___ Não gosto de conflitos.
13. ___ Trabalho melhor sozinho.
14. ___ Tendo a pensar antes de falar.
15. ___ Sinto-me exaurido depois de estar em público, mesmo que tenha me divertido.
16. ___ Às vezes deixo ligações caírem na caixa postal.
17. ___ Se tivesse que escolher, preferiria passar um fim de semana com absolutamente nada para fazer a um com muitas coisas programadas.
18. ___ Não gosto de fazer muitas coisas ao mesmo tempo.
19. ___ Consigo me concentrar com facilidade.
20. ___ Em situações de sala de aula, prefiro palestras a seminários.

Quanto mais tiver respondido “verdadeiro”, mais introvertido você provavelmente é. Se tiver um número parecido de “verdadeiros” e “falsos”, provavelmente você é um ambivertido — sim, essa palavra existe. Mas mesmo que tenha respondido cada questão como um introvertido ou extrovertido, isso não significa que seu comportamento é previsível em todas as circunstâncias. Não se pode dizer que todo introvertido é um leitor voraz ou que todo extrovertido atrai os holofotes em uma festa, não mais do que se pode dizer que toda mulher é uma construtora natural de consenso e que todos os homens amam esportes de contato. Como Jung acertadamente colocou, “não existe introvertido ou extrovertido puro. Um homem assim estaria em um sanatório para lunáticos”. 


Post baseado no livro - (O poder dos Quietos) de Susan Cain.

15 comentários:

Anônimo disse...

Texto absolutamente perfeito e verídico.

Anônimo disse...

19 verdadeiras, acho que sou um introvertido. Rsrsrs

edwin auza disse...

Interessante. Obrigado

Vittoria Fernandes de Oliveira disse...

Como eu gostaria de conhecer pessoas introspectivas como eu, assim não me sentiria desconfortável ao fazer silêncio por exemplo.

Hitori de disse...

sem palavras. ..tao certo, que parece cômico.

Hitori de disse...

tão certo, que parece cômico.

Anônimo disse...

Muito bom o texto, me sentir melhor lendo ele :)

Priscila disse...

Li esse ótimo texto, fiz o teste e acabei descobrindo q sou ambivertido...por isso que nem eu me entendia direito. E também gostaria de conhecer pessoas que nem eu.

! Dudu ! disse...

Nossa só uma questão que deu falsa o resto foi só verdadeira ,,achei que eu era o único que tinha esse problema de ficar sozinho , mais por um lado é bom por que todo mundo me respeita e sabem que eu sou sério .. mais acho que eu tenho depressão , não sei ,, não gosto das pessoas , não tenho certeza de quem eu sou e fico procurando esse tipo de coisa na internet com a esperança de achar minha personalidade , e esse tópico foi o que mais se encaixou comigo ,, obrigado .

Tamyquelinha disse...

Gostei do texto. Muito legal. As vezes me considero quieta e tímida ao mesmo tempo kkkkkk

Tamyquelinha disse...

Gostei do texto. Muito legal. Às vezes me considero tímida e quieta ao mesmo tempo kkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Vc descreveu minha boa parte da minha personalidade nos primeiros parágrafos. Pensei serta vez que as pessoas que se incomodam com o silencio de pessoas quietas tem um pouco de medo, pois o silencio causa medo em algumas pessoas.

René Frijone disse...

Muitos parabéns. renefrijone.blogspot.com

小雨 disse...

Excelente ,muito verdadeiro.

Unknown disse...

Também me identifico com a frase e com o texto, porém Ainda não compreendi se isto é bom ou ruim.