sábado, 4 de outubro de 2008

Despedida

Bem o ou mal cá estou, meio vazia, meio zonza ainda... Quero agradecer a todos que passaram por aqui e deixaram uma palavra de carinho...


Antes disso tudo acontecer estava pensando em escrever um post sobre amizade... sou do tipo de pessoa fechada, um tanto teimosa, não sou difícil de conviver, mas confesso que sou difícil de engolir, não o tipo de pessoa que faz as coisas por impulso, não gosto de mudar minha rotina, poucas vezes gosto de barulho, sou na minha, não faço nada pra agradar a não ser, ser eu mesma...

Tenho poucos amigos verdadeiros, sabe daqueles que nunca desistem de você? Pois é, tenho poucos mais tenho... e acabo de perder um...


Quando alguém esta muito doente, você acaba se preparando psicologicamente para uma perda, mesmo que demore um tempo pra digerir você vai aceitando a idéia, de que aquela pessoa logo vai partir...


Mas aceitas que uma pessoa de 32 anos, com dois 2 filhos pra criar e em plena saúde física e mental partiu é quase que impossível aceitar... ela esta indo trabalhar de moto e uma “motorista” cortou sua frente, arremessando para outro lado da pista, aonde uma Sprinter vinha em direção contraria e acabou a atropelando...


Eu sei que estamos aqui apenas de passagem, mas as vezes esquecemos disso e nos julgamos imortais e uma pancada dessa, acaba nos deixando sem chão...


O trio das meninas cachaceiras foi desfeito, nunca mais as brincadeiras, as palhaçadas nunca mais a alegria contagiante da menina cabeça de palito de fósforo...


"A despedida é um momento de tristeza , em que corações se preparam para viver uma saudade"





"A razão por que a despedida nos dói tanto é que nossas almas estão ligadas.Talvez sempre tenham sido e sempre serão.Talvez nós tenhamos vivido mil vidas antes desta e em cada uma delas nós nos encontramos.E talvez a cada vez tenhamos sido forçados a nos separar pelos mesmos motivos. Isso significa que este adeus é ao mesmo tempo um adeus pelos últimos dez mil anos e um prelúdio do que virá". Nicholas Sparks


"Mesmo distante não estás longe, pois te levo na memória. Mesmo desacompanhado não estou só, pois te trago comigo, dentro de mim, mesmo no silêncio, sempre te ouço, no bater do meu coração."


************************************


Para lembrar os bons momentos, a musica que embalou os nossos encontros e bebedeiras...




19 comentários:

TODO NOSSO disse...

Dri,espero q vc esteja bem,sua amiga,tinha praticamente minha idade,tb tenho 2 filhas,vou todos os dias pra outra cidade de bus,estudar,em Umuarama,e sempre vejo acidentes,nós tb,levamos sutos,rezo muito, era muito jvem, meso,
q Deus rexerve a ela,um lugar maravilhoso, ja passei por experiencia de quase morte, a morte nao existe realmente,o corpo nao sente,me vi em ouro plano e meu corpo inerte no chao,outra hora te conto, rezo para q sua amiga esteja bem,e q sua familia aguente a barra,q vc supere, esquecer nunca,mas q tenha a paz, a compreensao,e força...estamos aqui de passagem, mas dói muito,perdermos qm amamos na flor da idade,de maneira tao abrupta!!bjsss
meus sentimentos!!!!Lane

TODO NOSSO disse...

tem alguns erros de digitação,tá,escrevi no escuro,
reserve,susto,jovem,mesmo....
corrigi,
fique bem,qqer coisa,estou aqui,sempre!!

Nadja Saori disse...

Vou dejsear a você tudo de bom e melhoras. sei o que é esta dor e sei também o quanto a gente não consegue entender, por mais que tenha conhecimento sobre o fato. Fato não explica sentimento...
Vou apenas mandar boas energias a sua amiga e a todos seus parentes e amigos... ^^

Lili disse...

Dri, a vida é assim mesmo, nos tira as pessoas sem ao menos pedir licença... E daí somos obrigados a nos acostumar com uma ausência não programada...
A saudade vai existir para sempre, mas com o tempo essa dor será amenizada...
É difícil, mas é só mais uma etapa da vida, na qual temos que superar... Isso aqui é ilusão, é passagem, é evolução, quando estamos aptos a progredir, deixamos tudo e todos e seguimos o nosso caminho...

Beijos para ti, muita luz e que Deus te de forças para aguentar essa ausência...

Paulo disse...

Boa noite minha querida amiga:)! Nossa... Triste este post! Eu penso que a perda de um ente querido nunca é algo conformavel, não importa a idade ou o modo como a pessoa nos deixa; jamais estamos preparados pra isso por mais que nos sintamos assim. Eu sinto muito, miga! Beijos em seu coração!

Jamille Lobato disse...

Ainda não me acostumei a perder. Principalmente pessoas.

Bela homenagem.

Everson Russo disse...

Amor meu, ficam aqui registrados meus sentimentos nesse momento de dor seu, é dificil encontrar palavras de conforto nessas horas, é complicado entender a vida e sua unica certeza, mas temos que pensar que Deus quis assim, apesar da brutalidade que foi, da maneira que foi, que ela esteja agora bailando e cantando entre os anjos de amor e paz, e que voce tenha conforto em seu coração e reencontre a alegria...beijos em sua alma e fique com Deus

Armando Maynard disse...

A morte é sempre uma experiência traumatizante, prinicpalmente quando de uma pessoa próxima e querida. No início levamos um tempo para acreditar, aos poucos vamos nos acostumando.É a VIDA, amanhã seremos nós, e o pior, não sabemos quando, nem como será...Um abraço,Armando(lygiaprudente.blogspot.com)

Andréia disse...

a vida é cheia de surpresas... sinto muito pela sua amiga e desejo toda a força do mundo p ti e todos que sentem a falta dela.
bjux e fica com Deus

xandih disse...

To aqui, pro que der o vier, daqueles que não desistem de ti nunca, que sabem o quão irritante você pode ser e o quão amável e companheira você realmente é.
Beijoca

Príncipe Tito disse...

A grandeza de uma pessoa não se mede pelo espaço que ela ocupa em nosso coração. Mas sim, pelo vazio que deixa quando está distante...Abraços !!!

Márcia disse...

Tudo vai acalmar com o tempo, mas o esquecimento jamais....


VOCÊ não entra na vida
das pessoas apenas,
para ser mais um,
e sim para deixar algo de bom ...
para marcar...para somar...para ajudar.
É por isso q estou passando aqui
no seu cantinho...
Vc é muitooooooo ESPECIAL!!!

Bjs...# *****Marcinha*

Celia Rodrigues disse...

Adri, sinto muito por você. Perder alguém tão próximo deve ser mesmo terrível, uma lacuna que fica sem jamais ser preenchida. Deixo aqui meu abraço a você e o desejo de superação dessa perda, tanto a você quanto aos familiares e demais amigos dessa pessoa tão especial.
Beijo!

ღ mey ♥¨`*•.¸¸.•*´¨♥ღ disse...

drika, a sandra estudava com meu namorado na asselvi... não conheci ela mas todos da sala a adoravam. o q ela fez de bom por aqui, ficará para sempre. bjs

crazyseawolf disse...

Dri, nem sei o que falar... É triste e revoltante ao mesmo tempo.
Espero que você esteja bem!
Beijos!!

Evelize disse...

Nessa hora fica difícl dizer, escrever palavras que confortem, mas tenha a certeza que ela somente fez a viagem antes ....quando menos esperar estarão juntas novamente. Bjos

Bandys disse...

Muito dificil...maeu pai morreu quando eu tinha 15 anos e passei a encarar a morte de uma maneira diferente...

Fique bem.
Beijos

Georgia disse...

Passando para um abraco beeeeeeeeeeeeem apertado.

Grace Olsson disse...

Adri, o ser humano nun ca vai se preparar para a morte. POr que esta é e será sempre um enigma em nossas vidas.
Sinto muito por ti...masveja bem...a vida nos vem junto da morte.
Nós nascemos...para uma luta insana que nos levará à morte.
Quando paramos e nos cosncientizamos disso...a dor dói menos. Ou achamos que dói menos.
A sua dor é lancinante. Pelo fato de que ela era algu´pem especial em sua vida. Mas quantas pessoas passam por essa vida com tamanha alegria?
Se detenha no fato de que ela viveu uma vida regada à intensidade. Falo isso por que vc passa isso. Vcs tiveram uma trelação intensa de amizade recíproca.
Amiga, o único consolo que me resta, quando eu perco alguém querido...é acreditar que um dia poderemos está juntos.
Prefiro acreditar nisso. Pois quando eu penso assim..os soluçosdiminuem.,
Linda, beijocas sem fim.
Deus dará a vc a calmaria que precisaas para continuar sendo a pessoa linda quew vc é.