terça-feira, 14 de outubro de 2008

Vá em paz...


Embora seja difícil sei que tenho que te deixar partir, assim são as coisas, o que podia fazer por ti e tu por mim, já foi feito e por isso mais um ciclo se completou.


A saudade vai dor, as lembranças vão sufocar, mas preciso ser forte e te deixar partir...


Vá em paz, se possível mande noticias, através de sonhos ou como poder. Foi muito bom ter tido a sorte de ter convivido com você, mesmo por tão pouco tempo, mas foi tempo suficiente para deixar marcas definitivas.


O seu corpo vai, mas você ficara eternamente em nossos corações.



********************************************



A morte não é tudo. Não é o final. Eu apenas passei para a sala seguinte.
Nada aconteceu. Tudo permanece exatamente como foi.
Eu sou eu, você é você, e a antiga vida que vivemos tão maravilhosamente juntos permanece intocada, imutável.
O que quer que tenhamos sido um para o outro, ainda somos.
Chame-me pelo antigo apelido familiar. Fale de mim da maneira que sempre fez. Não mude o tom. Não use nenhum ar solene ou de dor.
Ria como sempre fizemos das piadas que desfrutamos juntos. Brinque, sorria, pense em mim, reze por mim.
Deixe que o meu nome seja uma palavra comum em casa, como foi. Faça com que seja falado sem esforço, sem fantasma ou sombra.
A vida continua a ter o significado que sempre teve. Existe uma continuidade absoluta e inquebrável.
O que é esta morte senão um acidente desprezível?
Porque ficarei esquecido se estiver fora do alcance da visão?
Estou simplesmente à sua espera, como num intervalo, bem próximo, na outra esquina.
Está tudo bem!

Autor Desconhecido

5 comentários:

Márcia disse...

Uma quarta de muita Luz pra vc!!!

Georgia disse...

Passando para um abraco bem apeeeeeertado.

Beijao

xandih disse...

Oie.

A perda é terrível. A minha ultima perda nem se compara à essa, afinal eu perdi uma pessoa que continua viva. Mas eu já conheço bem este outro caso.
Como você disse, deixar partir é o melhor, mas a gente sempre aconselha mais do que faz... É sempre mais fácil dizer "faça isso que vai ser melhor"...
Tristeza, é a única palavra que existe.

Beijoquinha Adri.. obrigado por comentar lá no reticências. :)

Everson e Izi disse...

Toda perda de uma pessoa querida nessa vida é dolorida, mas Deus sempre dá conforto...beijos querida, muita paz ao seu coração....

Adelia Ester disse...

Adri, belas palavras ao aceitar o partir de alguém querido, apesar da dor, da saudade. Reservar para sí as mais bonitas lembranças, traz serenidade interna. Beijos.